Archive for Outubro, 2010

PORTUGAL NO FUNDO II

27/10/2010

Acho caricato que aqueles que pedem sacrifícios e compreensão aos portugueses pelo tempo difícil que estamos a atravessar, são exactamente os mesmos que na mesa das negociações do Orçamento de Estado não demonstrem flexibilidade nem vontade.

É a isto que se chama política?

Anúncios

PORTUGAL NO FUNDO

26/10/2010

Apesar do país se encontrar na situação delicada que todos nós conhecemos e os especuladores financeiros estarem novamente a aumentar as taxas de juro, o teatrinho das equipas que estão a negociar o Orçamento continuam o seu show.

Que mal teremos nós feito para merecer isto?

SEMANA DA REFLORESTAÇÃO NACIONAL

25/10/2010

A Semana da Reflorestação Nacional, vai decorrer entre 23 e 28 de Novembro e é promovida pelo Movimento Plantar Portugal.

O Movimento Plantar Portugal (MPP) é um movimento de cidadãos sem fins lucrativos que tem como objectivo contribuir para a conservação da natureza, biodiversidade e uso racional dos recursos naturais, para o benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. Um movimento que procura dar resposta ao grande desafio de lançar sementes para um futuro mais sustentável para todos.

Espera-se com o contributo deste projecto, através do forte apelo ao espírito de voluntariado e cidadania activa, para além de plantar árvores, plantar consciências e motivar à protecção da natureza. O significado deste projecto de longo prazo não passa apenas pelo gesto da plantação de árvores, favoráveis à manutenção do equilíbrio natural, mas também a motivação à alteração de comportamentos e atitudes que tendem a agravar a tendência repressiva aos bens essenciais à vida humana e do planeta.

A Coordenação deste movimento faz o apelo para que todos os cidadãos interessados se juntem a esta causa e procedam à sua inscrição nas equipas concelhias na página electrónica www.plantarportugal.org

Vamos todos Plantar Portugal!

20/10/2010


SEMANA DA REFLORESTAÇÃO NACIONAL

19/10/2010

A Semana da Reflorestação Nacional, a decorrer entre 23 e 28 de Novembro, promovida pelo Movimento Plantar Portugal, não vai passar apenas pela realização de grandes acções de reflorestação. Vai também promover inúmeras acções de plantação de árvores em Escolas, Parques, Jardins, Freguesias, com muitas actividades a decorrer em simultâneo.

Até ao momento já foram constituídas várias Equipas Concelhias, mas espera-se que nos próximos dias este número venha a aumentar significativamente. Até ao momento já estão constituídas equipas em mais de 50 concelhos, nomeadamente: Águeda, Guarda, Alcanena, Lajes do Pico, Ansião, Manteigas, Arcos de Valdevez, Mealhada, Arganil, Odivelas, Benavente, Paços de Ferreira, Bragança, Paredes de Coura, Caminha, Proença-a-Nova, Carregal do Sal, Santa Cruz da Graciosa, Celorico da Beira, São Brás de Alportel, Coruche, São Roque do Pico, Faro, Seia, Ferreira do Alentejo, Setúbal, Ferreira do Zêzere, Silves, Figueira de Castelo Rodrigo, Vila Nova de Famalicão, Figueiró dos Vinhos, Pinhel, Sertã, Penacova, Castanheira de Pera, Oliveira do Bairro, Tavira, S. João da Pesqueira, Reguengos de Monsaraz, Ourém, Belmonte, Batalha, Macedo de Cavaleiros, Ponte da Barca, Tarouca, Boticas, Torres Vedras, Olhão, Viana do Castelo, Castelo de Paiva e Vila de Rei.

O Movimento Plantar Portugal (MPP) é um movimento de cidadãos sem fins lucrativos que tem como objectivo contribuir para a conservação da natureza, biodiversidade e uso racional dos recursos naturais, para o benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. Um movimento que procura dar resposta ao grande desafio de lançar sementes para um futuro mais sustentável para todos.

Espera-se com o contributo deste projecto, através do forte apelo ao espírito de voluntariado e cidadania activa, plantar consciências e motivar à protecção da natureza. O significado deste projecto de longo prazo não passa apenas pelo gesto da plantação de árvores, favoráveis à manutenção do equilíbrio natural, mas também a motivação à alteração de comportamentos e atitudes que tendem a agravar a tendência repressiva aos bens essenciais à vida humana e do planeta.

O Movimento Plantar Portugal assume-se portanto como um projecto que pretende dar um enorme contributo no combate urgente que há a travar contra o aquecimento global e as alterações climáticas, sob pena de um dia chegarmos a um ponto de não retorno de consequências imprevisíveis para nós e para os nossos descendentes.

Acredita-se que esta crescente onda de consciencialização ambiental seja o início de uma revolução nas mentalidades, um marco nunca antes alcançado em Portugal e que revela uma maturidade e sentido de responsabilidade que a todos nos apraz registar e pela qual devemos estar todos orgulhosos.

A Coordenação deste movimento faz o apelo para que todos os cidadãos interessados se juntem a esta causa e procedam à criação ou à sua inscrição nas equipas concelhias no sitio electrónico http://plantarportugal.org, e solicita que convidem Escolas, Associações, Clubes, Grupos de Escuteiros, Freguesias e Autarquias a fazer o mesmo. Vamos todos Plantar Portugal!

FARO COM MENOS 650 MIL EUROS COM O NOVO ORÇAMENTO

17/10/2010

De acordo com uma notícia avançada pelo Observatório do Algarve, as transferências para a Administração Local vão sofrer um corte de 5,7 % no próximo ano, enquanto as regiões autónomas vão receber menos 2,7 %, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2011 ontem divulgada.

Face ao orçamento aprovado para 2010, segundo a mesma fonte, os municípios de Lisboa e Porto perdem, respectivamente, quase 6 milhões de euros e cerca de 2,5 milhões. Por seu turno, as capitais de distrito que menos verbas absorvem vão receber menos 665 mil euros, no caso de Faro, e 735 mil euros, no caso de Portalegre

ESTACIONAMENTO NO LARGO DA SÉ NÃO É AUTORIZADO DURANTE A FEIRA

13/10/2010

De acordo com um comunicado da Câmara Municipal de Faro, “durante a ocupação do Largo de S. Francisco pela realização da Feira de Sta. Iria, a autarquia não vai autorizar o estacionamento ilegal no Largo da Sé, excepto, de acordo com o regulamento em vigor, a residentes, comerciantes, dirigentes autárquicos, viaturas da Diocese e Seminário. O Largo da Sé não é alternativa para quem trabalha na baixa de Faro”.

“O Largo da Sé é a sala de visitas da cidade, pelo que a sua ocupação por viaturas deve ser de baixo índice por forma a não prejudicar a sua fruição e o seu valor cultural. Não enobrece o Largo da Sé o estacionamento em cima de lancis, passeios ou no meio da estrada, nem valoriza a oferta turística da cidade, pois nem sequer o comboio turístico consegue manobrar. Não enobrece a cidade a circulação massiva pelo Arco da Vila adentro pondo em causa a segurança de munícipes e visitantes que, face aos passeios exíguos, são forçados a transitar na extensão disponível”.

Segundo o mesmo comunicado, “cada vez mais, em resultado do fenómeno low cost que se tem feito sentir significativamente em Faro e que nos abre perspectivas de dinamismo económico, temos que zelar pelo nosso património e pela arrumação e aprumo dos locais mais emblemáticos da cidade. Estamos a fazê-lo”.

NOVA BARRA PODE SURGIR NA PRAIA DE FARO

12/10/2010

De acordo com uma noticia avançada pelo Jornal de Noticias, o cordão dunar pode romper na zona do parque de estacionamento à entrada da ilha de Faro. Só ainda não aconteceu graças às reposições de areia que ali têm sido feitas para travar o curso normal da Natureza.

A convicção é de um especialista em dinâmica e gestão costeira da Universidade do Algarve para quem a destruição da ilha “é um perigo iminente”. Segundo Óscar Ferreira, toda aquela zona “é frágil e de risco” agravado pelas construções que ocupam quase toda a área útil. “Todos os Invernos o cenário é o mesmo. Basta haver uma maré-viva com uma tempestade associada para que a água galgue as margens e as casas nas extremidades da ilha corram risco de ruir”, acrescenta.

Foi o que aconteceu no último fim-de-semana. De acordo com o mesmo jornal, ondas de cinco metros e fortes rajadas de vento arrastaram água e areia até à estrada e deixaram a ilha intransitável. Os moradores passaram noites ao relento com medo que as casas caíssem e apelaram ao prometido realojamento.

Anteontem, face ao que chamou de “alarme social gerado”, o presidente da Câmara Municipal de Faro, Macário Correia, convocou uma conferência de imprensa improvisada na ilha para garantir que “haverá alojamento disponível, em caso de necessidade”, mas a solução definitiva ainda não tem data marcada.

A acompanhá-lo, a responsável do Polis, Valentina Calixto, colocou o dedo na ferida ao dizer que “pode acontecer o mesmo em ilha que na ilha da Fuzeta” onde todas as casas foram destruídas pelo rebentamento do cordão dunar.

REABILITAÇÃO URBANA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL – SEMINÁRIO

04/10/2010

Recorda-se que na próxima 6ª feira vai decorrer em Faro, no Auditório do IPJ, o seminário “Reabilitação Urbana e Desenvolvimento Sustentável”.

O período de inscrições ainda se encontra aberto e as inscrições estão limitadas ao número de lugares do auditório do IPJ pelo que os interessados deverão proceder à sua inscrição com a maior brevidade possível.

Mais informações na página electrónica: www.faro1540.org

PLANETA HABITÁVEL?

03/10/2010

De acordo com uma noticia avançada, ontem, pelo Jornal de Noticias, uma equipa de astrónomos norte-americanos afirma ter descoberto um planeta extra solar, numa área que denominam Zona Habitável.

O planeta situado perto da estrela Gliese 58, a cerca de 20 anos luz da terra, tem condições que leva a compará-lo com o Planeta Azul.

Ainda não existe uma confirmação da existência de água líquida naquele planeta, mas se houver será o planeta extra solar mais parecido com a Terra. De entre os 374 candidatos a planetas habitáveis, este é o que apresenta maiores possibilidades de ser habitável, segundo um comunicado da Universidade da Califórnia, em Santa Cruz, emitido pelos astrónomos responsáveis pelo estudo.

Segundo a NASA, um planeta na zona habitável não significa que seja um lugar onde poderão viver humanos. A possível colonização do planeta depende de muitos factores, mas os mais importantes são a existência de água líquida e uma atmosfera.

É o sexto planeta que se descobre ao redor da estrela anã vermelha Gliese 581 e que deve ser provavelmente rochoso e com um tamanho superior à Terra.

O novo planeta apresenta suficiente gravidade para poder ter uma atmosfera. Este planeta dá uma volta à estrela Gliese 581 a cada 37 dias e apresenta uma característica muito especial: não gira sobre o seu próprio eixo, por isso apresenta sempre a mesma face à estrela, de modo que numa metade do planeta é sempre de dia e na outro sempre de noite.

02/10/2010
Recebi hoje por e.mail

O GOVERNANTE ANTES DA POSSE

Nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que
não lutaremos contra a corrupção.
Porque, se há algo certo para nós, é que
a honestidade e a transparência são fundamentais.
para alcançar nossos ideais
Mostraremos que é grande estupidez crer que
as máfias continuarão no governo, como sempre.
Asseguramos sem dúvida que
a justiça social será o alvo de nossa ação.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que
se possa governar com as manchas da velha política.
Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que
se termine com os marajás e as negociatas.
Não permitiremos de nenhum modo que
nossas crianças morram de fome.
Cumpriremos nossos propósitos mesmo que
os recursos económicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que
Compreendam que
Somos a nova política.

DEPOIS DA POSSE:

Basta ler o texto, DE BAIXO PARA CIMA….

LIVRO: A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA NO ALGARVE

01/10/2010

O meu amigo Aurélio Cabrita, vai este sábado, por volta das 16 horas, apresentar na Biblioteca Municipal de Faro, o seu livro “A proclamação da República no Algarve”.

A não perder.