Archive for Novembro, 2010

CONFERÊNCIA: CIDADES PELA RETOMA – COMPETITIVIDADE E TERRITÓRIO

27/11/2010

A convite do Movimento Cívico “Cidades pela Retoma”, a Associação FARO 1540 vai organizar, em parceria com a Sociedade Recreativa Artística Farense, no dia 3 de Dezembro (6ª feira), pelas 21h30, no salão nobre dos “Os Artistas”, sito Rua do Montepio, 10 em Faro, uma conferência subordinada ao tema “Cidades pela Retoma: Competitividade e Território“.

Num momento de particular dificuldade económica e financeira do país, pretende-se sensibilizar os poderes públicos (nacionais e locais) para a pertinência e oportunidade de reflectir sobre o papel das cidades na retoma económica.

Assim, pretende-se com esta iniciativa, desenvolver em Faro um fórum de debate que deverá mobilizar os cidadãos a participar num exercício de reflexão colectiva sobre o papel das cidades na actual fase de desenvolvimento do país, que vise identificar e avaliar os seus recursos com potencial para o desenvolvimento económico e social e ajudar a definir uma ‘agenda local para a retoma’.

Para além de diversas associações farenses, estão já confirmadas as presenças do presidente da Câmara Municipal de Faro (Macário Correia), o Director do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve (Ilídio Mestre) e o professor universitário e Comissário da Faro Capital Nacional da Cultura 2005 (António Rosa Mendes).

Esta conferência é de entrada livre e será antecedida pela projecção (21h30) de uma sátira ao actual sistema financeiro.

Anúncios

COMPARAÇÃO: EUA – PORTUGAL

26/11/2010

Recebi esta conversa via e-mail.

……

Estava há dias a falar com um amigo meu nova-iorquino que conhece bem Portugal.

Dizia-lhe eu à boa maneira do “coitadinho” português:

Sabes, nós os portugueses, somos pobres …

Esta foi a sua resposta:
Como podes tu dizer que sois pobres, quando sois capazes de pagar por um litro de gasolina, mais do triplo do que pago eu?

Quando vos dais ao luxo de pagar tarifas de electricidade e de telemóvel 80 % mais caras do que nos custam a nós nos EUA?

Como podes tu dizer que sois pobres quando pagais comissões bancárias por serviços e por cartas de crédito ao triplo que nós pagamos nos EUA?

Ou quando podem pagar por um carro que a mim me custa 12.000 US Dólares (8.320 EUROS) e vocês pagam mais de 20.000 EUROS, pelo mesmo carro? Podem dar mais de 11.640 EUROS de presente ao vosso governo do que nós ao nosso.

Nós é que somos pobres: por exemplo em New York o Governo Estatal, tendo em conta a precária situação financeira dos seus habitantes cobra somente 2 % de IVA, mais 4% que é o imposto Federal, isto é 6%, nada comparado com os 21% dos ricos que vivem em Portugal. E contentes com estes 21%, pagais ainda impostos municipais.

Um Banco privado vai à falência e vocês que não têm nada com isso pagam, outro, uma espécie de casino, o vosso Banco Privado quebra, e vocês protegem-no com o dinheiro que enviam para o Estado.

E vocês pagam ao vosso Governador do Banco de Portugal, um vencimento anual que é quase 3 vezes mais que o do Governador do Banco Federal dos EUA…

Um país que é capaz de cobrar o Imposto sobre Ganhos por adiantado e Bens pessoais mediante retenções, necessariamente tem de nadar na abundância, porque considera que os negócios da Nação e de todos os seus habitantes sempre terão ganhos apesar dos assaltos, do saque fiscal, da corrupção dos seus governantes e dos seus autarcas. Um país capaz de pagar salários irreais aos seus funcionários de estado e da iniciativa privada.

Os pobres somos nós, os que vivemos nos USA e que não pagamos impostos sobre a renda se ganhamos menos de 3.000 dólares ao mês por pessoa, isto é mais ou menos os vossos 2.080 euros. Vocês podem pagar impostos do lixo, sobre o consumo da água, do gás e da electricidade. Aí pagam segurança privada nos Bancos, urbanizações, municipais, enquanto nós como somos pobres nos conformamos com a segurança pública.

Vocês enviam os filhos para colégios privados, enquanto nós aqui nos EUA as escolas públicas emprestam os livros aos nossos filhos prevendo que não os podemos comprar.

Vocês não são pobres, gastam é muito mal o vosso dinheiro.

PLANTAR PORTUGAL – FARO

25/11/2010

Decorreu na tarde do último Domingo, a 1ª Acção de Reflorestação promovida em Faro, no âmbito do Movimento Plantar Portugal.  Esta acção consistiu na plantação de quase 350 árvores autóctones (azinheira, sobreiro e pinheiro-manso) na Mata do Pontal – Gambelas, na área que foi devastada pelo fogo em 2004.

A equipa composta por cerca de 20 pessoas, trabalhou arduamente e sempre com boa disposição e em menos de duas horas plantou as jovens árvores.

Para o próximo fim-de-semana há mais 450 árvores para plantar.

Ficam aqui registadas algumas das melhores imagens desta acção.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

18/11/2010

Groundforce em Faro

15/11/2010

De acordo com uma noticia avançada hoje pela agência Lusa, o ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações afirmou hoje que o processo de despedimento colectivo dos trabalhadores da empresa de assistência em terra Groundforce em Faro decorria há mais de dois anos.

“Há mais de dois anos que o processo anda a decorrer e, infelizmente, não chegou a bom termo”, afirmou António Mendonça, que está a ser ouvido no Parlamento sobre o Orçamento do Estado para 2011.

O ministro disse que esta semana vão começar as negociações para discutir as indemnizações aos trabalhadores, salientando que foram “acauteladas” situações particulares, dando como exemplo empregados com filhos ou casais.

É curioso verificar que antes do Verão, o Governo foi questionado no parlamento sobre um hipotético despedimento de pessoal da Groundforce em Faro e responderam que era mentira e essas noticias eram só Boatos.

Como diz um ditado velhinho…”Onde há fumo, há fogo”.

BARÓMETRO POLÍTICO DE OUTUBRO

06/11/2010

No barómetro político da Marktest referente ao mês de Outubro, mostra o PSD à beira da maioria absoluta com 42% e o PS com uma queda vertiginosa, com 25,1% apresentando um dos seus piores resultados dos últimos anos.

O Bloco de Esquerda sobe para 3ª força política, com 9,8% distanciando-se ligeiramente da CDU e do CDS que apresentam respectivamente 8,3% e 8,1%.

FRASES SOLTAS…

05/11/2010

“Ao défice orçamental já se ouviu chamar buraco, buracão, cratera. Fossa abissal, talvez seja mais adequado. É a parte mais profunda do nosso oceano de incompetência, na escuridão da falta de transparência. Uma depressão enorme, formada pelo embate de placas partidárias. Lá, a pressão é insuportável para o ser humano. Tal como o nosso défice.”

 

José Mendes Bota, 05/11/2010

AQUECIMENTO GLOBAL

02/11/2010