IMIGRANTES ABANDONADOS NO MEDITERRÂNEO

by

De acordo com uma noticia avançada pelo jornal SOL, 72 imigrantes africanos foram deixados no mar Mediterrâneo para morrer depois da guarda costeira italiana e a NATO terem ignorado os seus pedidos de ajuda.

 Segundo a mesma fonte, apesar de ter sido estabelecido contacto com a guarda costeira italiana e com um helicóptero e navio de guerra da NATO, nenhuma tentativa de salvamento foi levada a cabo.

 De acordo com a lei internacional é obrigatório a todos os navios, incluindo os militares, responderem chamadas de ajuda de barcos que devem auxíliar sempre que possível.

 Depois dos bombardeamentos a uma casa de Kadahfi que vitimou mortalmente o seu filho mais novo e três netos, a NATO volta a ter comportamentos desumanos.

 Creio que está na altura de Portugal começar a reflectir sobre estas posturas e analisar qual o seu interesse em estar associada a uma força militar deste género.

 Estou convencido que não foi para estes comportamentos que a NATO foi criada.

Anúncios

Etiquetas: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s