As Dez Orientações Fundamentais para a Austeridade

by

Fundamentação: A vós que estas a ler estas orientações é porque andaste nos últimos anos a viver como um rico. Com esse tipo de atitude foste um grande contributo para a despesa do Estado. Agora é altura de apertar o cinto e baixar as calças ao mesmo tempo. Se seguires estas rigorosas orientações é provável que num futuro proximo sejas uma pessoa diferente e capaz de fazer o impossível. Assim vamos redefinir as tuas orientações para que de futuro tenhas mais juízo.

Primeira Orientação: Se tinhas o hábito de sair regularmente á noite, a partir de agora tens de mudar esse estilo de vida, que é só para quem tem dinheiro. Se não tinhas dinheiro porque motivo te andavas a pavonear?!…Se entenderes sair (apesar das tuas maneiras no passado), então consume só um café e pede um copo de água da torneia, sem te esqueceres da factura, claro.

Segunda Orientação: Se tinhas o bom hábito de tomar os dois lanches previstos numa dieta saudável (a meio da manhã e a meio da tarde), a partir de agora deves cortar nesse desperdício. Ao dinheiro que gastavas, guarda-o num mealheiro. Se porventura o estômago teimar, bebe um copo de água da torneira que isso passa. Sê solidário: Não te esqueças de contribuir com duas refeições semanais para outros mais necessitados do que tu. Modera o consumo de água potável, uma vez que os últimos estudos referenciam a escassez da mesma.

Terceira Orientação: Sabendo tu que os combustíveis estão caros, porque andas de automóvel?!… O Automóvel é coisa de rico por isso ou vende o carro ou então guarda-o bem na garagem. Num cenário possível, está previsto que daqui a 20 anos tenhas condições para o usares sem te lamentares.

Quarta Orientação: Evitar deslocações nos transportes públicos. Não queremos aumentar as despesas do Estado Central com passeios desnecessários. Na realidade estamos a zelar pela tua saúde, coisa que até agora não tens estado sensibilizado, estimulando todo e qualquer tipo de deslocação a pé. Como queremos ir mais além, estudos médicos mencionam que andar a pé pelo menos 30 minutos por dia é saudável, recomendamos que desportivamente, olha agora pela tua saúde.

Quinta Orientação: Evitar o uso de espaços públicos destinados a ricos, por exemplo aeroportos. Em caso de calamidade natural não queremos que apanhes chuva e frio e porventura teres de te deslocar a um hospital. Neste caso não te esqueças que também contribuis para o aumento da despesa do estado. Todas e quaisquer atitudes que remontam a te deslocares a um serviço de saúde público, devem ser evitadas. Já chega de despesismo com a tua saúde.

Sexta Orientação: Como tens andado a viver como um verdadeiro “lorde” contribui com um sorriso, parte do teu vencimento anual. Por exemplo contribui solidariamente com o teu montante para férias e o mesmo com o montante do Natal. Sempre que poderes desloca-te a pé a uma Instituição do Estado e agradece pela oportunidade que te é dada.

Sétima Orientação: Contribui regularmente para Instituições sempre com um sorriso. Marca a tua vez numa Repartição do Estado descontando esse dia como um dia de férias. Voluntaria-te na manutenção de todo o tipo de vias rodoviárias. A actual situação é dramática. Agradece sempre pela oportunidade, te facultada.

Oitava Orientação: Se és daqueles que sempre que o calendário permitia, fazias “ponte”, fica a saber que a actual austeridade se deve a esse tipo de atitude. Para compensar os teus maus hábitos do passado, é favor de seguires a sétima orientação.

Nona Orientação: O trabalho dá saúde! Mantêm-se saudável trabalhando de sol a sol, fazendo horas extraordinárias nas noites de lua cheia, sem contrapartida financeira, uma vez que outros se encontram melhor habilitados na gestão do dinheiro. Como a iluminação de rua da tua comunidade está desligada, nas restantes noites aproveita a oportunidade para com a tua família. Apesar de no passado ensinares os péssimos hábitos de despesismo aos teus semelhantes, agora tens uma oportunidade de teres um certificado de bom comportamento, sensibilizando os mesmos para estas rigorosas orientações. Olha para estas noites como formação pessoal. Apesar de no passado seres um despesista, consideramos que agora estás no bom caminho. A produtividade do país agradece o teu empenho!

Decima Orientação: Evitar fazer perguntas consideradas não pertinentes a Entidades do Estado que zelam pelo teu interesse.

Portugal, 1 de Janeiro de 2012

Assinatura
Os Orientadores da Austeridade

Download aqui para obter documento

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s