Archive for the ‘Faro’ Category

3º FARCUME: Festival de Curtas-Metragens de Faro

09/08/2013

FarcumeCartaz_2013

Vai decorrer de 28 a 31 de Agosto a 3ª edição do FARCUME: Festival de Curtas-Metragens de Faro, que ocorrerá nesta cidade, no secular edifício da Escola de Hotelaria e Turismo, situada no Largo de São Francisco.

Este ano, a organização decidiu aumentar o festival para 4 dias de duração, fruto da grande quantidade e da qualidade dos trabalhos enviados. Ao todo, serão mais de 20 horas de cinema e mais de 100 curtas-metragens nacionais e estrangeiras, muitas delas sendo estreias em Portugal e outras premiadas em reputados e conhecidos festivais de cinema que ocorrem não só em Portugal, como também nos EUA, França, Japão, Brasil, Argentina, México, Austrália, Arábia Saudita e Espanha.

As curtas-metragens exibidas estarão repartidas em quatro categorias que são elas: Animação, Documentário, Ficção e Videoclips, onde o público terá acesso a trabalhos com muitos actores conhecidos e passará a conhecer novos talentos nesta área, mas que, nem sempre têm a divulgação desejada e merecida.

Paralelamente ao programa cinéfilo haverá uma exposição de fotografia subordinada ao tema FARO: Identidade & Património e no final de cada sessão decorrerão convívios que seguramente proporcionarão bons momentos de diversão entre público, actores e realizadores.

Este festival, da responsabilidade da FARO 1540 – Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro, recebeu ao todo 164 curtas-metragens, o que se traduz num aumento muito significativo em relação à edição anterior o que, segundo a organização, é um claro indicador do interesse e da curiosidade que este festival tem vindo a despertar neste meio, onde inclusive já chegou ao panorama internacional, contando este ano com uma forte representação do Brasil e de trabalhos oriundos da Argentina, Canadá, Alemanha, Inglaterra, México e Espanha.

Segundo a organização, o objectivo do FARCUME passa por procurar, dentro de um ambiente informal, bem-disposto e descontraído, premiar e reconhecer a dedicação, o empenho, a criatividade e o mérito dos realizadores, actores e equipas técnicas que sem terem os orçamentos da indústria cinematográfica de Hollywood executam excelentes trabalhos

À semelhança das anteriores edições, o público presente nas diferentes sessões terá a oportunidade de votar nas suas curtas favoritas.

Os ingressos para os 4 dias de festival podem ser adquiridos na página electrónica do evento em: <www.farcume.faro1540.org>, na plataforma Bilheteiraonline.pt nas estações dos CTT, na Worten e na Fnac. Os bilhetes diários serão adquiridos no recinto no próprio dia.

Para mais informações cliquem na página electrónica do festival em: www.farcume.faro1540.org

Anúncios

SONDAGEM: CANDIDATOS À CÂMARA MUNICIPAL DE FARO

23/05/2013

Os candidatos à Câmara Municipal de Faro começam a ser anunciados, tendo até ao momento oficializado a sua candidatura: Paulo Neves (PS), Rogério Bacalhau (PSD), António Mendonça (CDU) e José Vitorino (Independente).


A votação terminou no dia 26 de Maio (Domingo).

Número de votantes: 307

BINGO SOLIDÁRIO DA PRAVI

12/05/2013

A Associação PRAVI vai levar a efeito na próxima 6ª feira (dia 17) pelas 21h30 nas instalações da “FARO 1540” (Rua Pedro Nunes, nº 14) um Bingo Solidário com dezenas de prémios.

Não faltem e venham ajudar a PRAVI a desenvolver o seu meritório trabalho.

283651_582405231783865_943948385_n

PLANO DE PORMENOR DO SITIO DA MÁ VONTADE EM DISCUSSÃO PÚBLICA

11/05/2013

O Plano de Pormenor do Sitio da Má Vontade e Pontes de Marchil (PPSMVPM) está em período de discussão pública entre o dia 10 de Abril e 23 de Maio, anunciou a Câmara de Faro.

Para melhor esclarecer os munícipes, a autarquia agendou para segunda-feira, 13, às 18:00 horas, no salão nobre da câmara, uma sessão pública de apresentação e discussão do plano.

A área de intervenção do Plano de Pormenor do Sítio da Má Vontade e Pontes de Marchil abrange 83,6 ha, sendo delimitada a poente pela linha do caminho-de-ferro, a sul pela área do Teatro Municipal e pela Avenida Calouste Gulbenkian, a nascente pela Estrada da Senhora da Saúde, e a norte pela EN125-10.

Esta área corresponde ao limite norte do perímetro urbano de Faro, “possuindo assim um carácter estruturante para a cidade, tanto do ponto de vista das infraestruturas viárias como de grandes áreas de cultura e lazer”, assinala a autarquia.

O melhoramento da principal entrada na cidade pela EN125, através da implementação de um novo perfil da via, mais urbano, com a estruturação da área comercial, de serviços e industrial confinante; a estruturação das áreas de expansão para fins habitacionais, devidamente complementadas com áreas verdes e de equipamentos de utilização colectiva de dimensão adequada; a arborização dos arruamentos existentes e propostos; a previsão de um hotel na área próxima ao teatro municipal; a criação de uma rede pedonal/ciclovia articulada com a rede regional prevista; a articulação da 3.ª circular prevista no PDM de Faro com a EN125 e ligação ao aglomerado do Montenegro; e a previsão de um Centro Coordenador de Transportes, são alguns dos destaques da prova.

Os elementos relativos ao plano poderão ser consultados na Loja do Munícipe; nas instalações do departamento de Urbanismo da autarquia; na junta de freguesia de São Pedro ou pela página http://www.cm-faro.pt.

fonte: Jornal Região Sul

FARENSE SOBE À 2ª LIGA

28/04/2013

Estádio completamente lotado esta tarde na vitória do Farense sobre a União de Leiria: 2-1. Impressionante a força da massa adepta deste clube!!!! Mais de 15 mil pessoas num jogo da 2ª divisão. Estou convencido que nunca se viu tanto público num jogo da 2ª Divisão e quase de certeza que é um record de assistência neste campeonato!

Foi um jogo muito sofrido com 3 golos anulados para o Farense e com mais 2 bolas no ferro.

Mas o que interessa é que o Farense é campeão e subiu à 2ª liga.

Parabéns Farense!!!!

Imagem

Imagem

Imagem

“FARO 1540” DEBATE A RIA FORMOSA

19/03/2013

Cof_RiaFormosa

A “FARO 1540”, no dia 23 (Sábado) às 21h30 vai promover uma conferência/debate, subordinada ao tema “Ria Formosa e a sua relação com Faro”.

Espera-se abordar nesta conferência/debate questões como a sua riqueza ambiental e paisagística e as suas necessidades de preservação, o potencial económico e turístico da laguna, a sua interacção com a cidade e a gestão sustentável e harmoniosa da relação cidade/ria.

Local: Rua Pedro Nunes, n.º 14 – Faro
A entrada é livre!

Contamos com a vossa presença e com a vossa preciosa ajuda na divulgação desta conferência.

CONFERÊNCIA/DEBATE “FARO: CIDADE COSMOPOLITA”

28/01/2013

A “FARO 1540” vai promover no dia 1 de Fevereiro (6ª feira) mais uma iniciativa de Cidadania Participativa desta feita com a Conferência/Debate subordinada ao tema “Faro: Cidade Cosmopolita” que terá como convidado especial o jornalista e dinamizador social, Viegas Gomes.

Decorrerá nas instalações da “FARO 1540” pelas 21h30, onde todos estão convidados a participar e a entrada é livre!

Contamos com a vossa presença neste interessante debate.

FaroCidCosmop

Da maturidade ou imaturidade do Zé Povinho

30/05/2012

Há uns dias atrás o Engº Macário Correia proferiu uma declaração arriscada mas audaciosa.

Disse ele que não tem obra de grande monta para mostrar porque andou estes 4 anos a tentar pôr ordem na casa e a sanear as finanças da Câmara Municipal de Faro.

O povinho tem que começar a habituar-se à ideia que ser bom governante não é mostrar betão feito e dívidas no banco. Ninguém pode esticar demais a corda só com o objectivo de ser reeleito ainda que tenha de pagar o preço da hipoteca das gerações vindouras.

Veja-se o exemplo das regiões autónomas espanholas. Na ânsia de serem reeleitos, os presidentes lançaram-se em grandes obras. Agora, regiões como a comunidade Valenciana estão tecnicamente falidas, entre muitas outras.

A actual crise é um momento de provação para o eleitorado:

– Ou prova ser maduro e crescido ou prova ser pavloviano, primário e instintivo.

Se Passos Coelho tivesse feito campanha, nas últimas eleições legislativas, dizendo que iria cortar os subsídios de férias e natal nos próximos anos, que iria criar uma sobretaxa de IRS em Dezembro do ano em que foi eleito, que iria aumentar o IVA da electricidade e da restauração, teria ganho à mesma as eleições ?

Cristóvão Norte apresenta a sua candidatura à liderança do PSD/Faro

15/05/2012

O Deputado Cristóvão Norte, 35 anos, natural de Faro, apresentou na passada semana a sua candidatura à liderança da concelhia do PSD/Faro cuja eleição decorrerá no dia 26 de Maio.

Sob o lema “Um Tempo Novo!”, Cristóvão Norte propõe uma liderança que traga o justo reconhecimento regional e nacional da importância de Faro no PSD. “uma equipa forte e coesa que representa os valores em que acredito: competência, trabalho árduo, honestidade, transparência e renovação. Comigo não há estados de alma, nem motivações obscuras ou outras obediências”, assegura.

O candidato referiu também que a aceitação deste desafio, resulta de “uma amadurecida decisão, fruto de grande ponderação e avaliação sobre o que entende ser o melhor futuro para o PSD farense e também para o nosso Concelho”.

Encabeçando uma lista de renovação, Cristóvão Norte considera que protagoniza uma nova solução de liderança do PSD em Faro preparada para um tempo novo, de coesão e fortalecimento do partido na sociedade farense.

Apenas sou fiel ao meu livre e independente pensamento. Sei que a maioria dos militantes do PSD de Faro se revê na minha postura e no meu pensamento”, realça.

Outro desígnio é trazer os militantes de volta à participação na vida activa do Partido, abrindo-se as portas ao debate e à discussão, quer nos plenários, encontros temáticos, colóquios, fóruns e trocas informais de ideias.

Para terminar, Cristóvão Norte reforçou que importa assegurar a coesão e por isso, conta com todos. Mesmo com todos. Não enjeita apoios e chamará a participar todos os que estejam disponíveis. A voz, a força e o contributo individual de cada militante são para si o estímulo e o incentivo para melhor trabalhar.

Nota curricular: Cristóvão Norte, tem 35 anos, é natural de Faro e licenciou-se em Direito e em Economia. É, na actual legislatura, Deputado na Assembleia da República, tendo sido Chefe de Gabinete da Presidência da Câmara Municipal de Faro entre 2009 e 2011. Foi Conselheiro Nacional do PSD e Presidente da JSD/Algarve, tendo sido o 1º Subscritor da Petição “Curso de Medicina Já!” que reuniu 10.000 assinaturas em 2006.

Carlos de Deus Pereira anuncia a sua candidatura à concelhia do PSD/Faro

15/05/2012

Imagem

Reforçar a posição do Partido Social Democrata (PSD) em Faro e fazer com que o partido possa verdadeiramente contribuir para o desenvolvimento do Concelho” são dois dos objetivos que norteiam a candidatura de Carlos de Deus Pereira à liderança da Concelhia do PSD Faro, apresentada hoje no Hotel Eva, em Faro.

Carlos de Deus Pereira começou a sua intervenção abordando um misto de sensações. “Motivação para contribuir para o desenvolvimento de Faro e desilusão pela forma como o PSD Faro tem vindo a exercer as suas funções”, afirmou.

O candidato referiu que “é tempo de pensar nas pessoas, na cidade de Faro e no Concelho”. E deixou um apelo a todos os militantes, de todas as estruturas, para que se unam e para que, em equipa, o PSD Faro possa prestar um contributo decisivo rumo ao desenvolvimento do Concelho de Faro. Desafiou ainda os agentes políticos a assumirem um papel mais ativo e interventivo na defesa dos interesses de Faro, e que esse deve ser um trabalho permanente e de envolvimento com os militantes com as pessoas e com o território.

Um novo paradigma, ao serviço dos militantes, do PSD, de Faro e dos algarvios”, sustentou Carlos de Deus Pereira.

Referiu-se também ao Concelho de Faro e à sua localização espacial, situada entre a Ria e as campinas, que tem dificultado um crescimento urbano planeado e sustentado, o que justifica o seu pouco crescimento nas últimas décadas.

E realçou ainda “o fantástico potencial de Faro, as suas características únicas e a importância de capitalizar mais e mais a valorização do seu património cultural, histórico e gastronómico”, tendo elencando mesmo algumas medidas concretas para o Concelho, entre as quais se destacam: a criação de um parque de feiras e de exposições e um parque empresarial; criar um parque de ciência e tecnologia como base de um novo paradigma de desenvolvimento local; promover a ligação da universidade às empresas. Para além do apoio às associações e ao desenvolvimento de redes de solidariedade.

Para terminar, Carlos de Deus Pereira reforçou que “a Concelhia de Faro deve estar próxima das populações e constituir uma porta aberta ao diálogo com todos os agentes da sociedade, promovendo o debate e a recolha de informações sobre os problemas e carências, aspirações e desejos das pessoas”.

E que a sua candidatura “segue o princípio da abertura e do envolvimento com todos os militantes e também com a sociedade civil, assumindo uma atitude ativa e desinibida, por Faro, pelos farenses e pelos algarvios”.

NOTA CURRICULAR

Carlos de Deus Pereira é advogado e lidera um escritório de advocacia em Faro.

Master em Gestão Desportiva e com uma especialização em Direito do Desporto Profissional, a sua carreira tem uma ligação natural ao desporto. Foi professor universitário de Direito do Trabalho e Direito Comercial entre 2001 e 2009.

Futebolista profissional e internacional, passou pelo Sport Lisboa e Benfica e pelo Sporting Clube Farense. Mais tarde, foi Presidente do Farense Futebol SAD e Presidente da Mesa de Assembleia Geral do Sporting Clube Farense. Recentemente, foi eleito Vice-Presidente da Mesa de Assembleia Geral da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

Faleceu o Padre Júlio Tropa

25/01/2012

Faleceu hoje o Padre Júlio Tropa, um dos homens que mais fez, no Algarve e em particular no concelho de Faro, na área da acção social, em particular no apoio aos mais idosos e às crianças.

Entre muitas histórias que se vão publicando sobre a sua vida frutuosa deestaco esta:
“A autarquia, que lembra a atribuição ao falecido da Medalha de Mérito – Grau Ouro em 2002, recorda a “humildade” que caracterizava o sacerdote, a propósito da homenagem que lhe foi prestada em agosto passado pela Junta de Freguesia de Estoi.
“Depois de teres feito o que devias fazer, considera-te servo inútil”, afirmou na altura, com base numa citação da Bíblia”.
A sua dinâmica, a sua preocupação pela acção social, em geral, e pela situação de cada um em particular, o seu sorriso quase permanente, sempre a falar com todos com um sorriso nos lábios, com uma enorme mansidão e paz, mesmo nos momentos mais complicados.
Hoje, há exactamente 3 anos atrás, o Padre Júlio Tropa (depois de já me ter casado há 10 anos atrás e de ter baptizado o meu 1º filho há 9 anos atrás) estava baptizar a minha filha, em Estói.
Também como advogado pude apoiá-lo em algumas situações concretas, espantado pelo seu dinamismo e pela forma determinada como se metia nas coisas e como fazia mexer as pessoas em favor das suas causas.
Agora, certamente do Céu irá velar pela sua obra social, mas também pelos muitos casais que casou, pelos muitos que baptizou.
Um homem que, nas freguesias de Estói e Santa Barbara de Nexe, começou por ser odiado e acabou amado por cada um dos filhos da terra a quem tratava por tu, conhecia como a palma da mão e a todos procurava ajudar e só não ajudava mais porque o dia, para ele, não chegava para tudo o que tinha por fazer.
Uma referência, um grande exemplo e, por isso, uma grande perda.

Aqui fica o comunicado (muito bom, diga-se) emitido pela Câmara Municipal de Faro

 

Faro nos anos 20

24/11/2011

FINAL DO FARCUME – FESTIVAL DE CURTAS METRAGENS DE FARO, VAI TER TRABALHOS DE GRANDE QUALIDADE

03/09/2011

Na próxima 3ª feira (dia 6 de Setembro), vai decorrer na esplanada da Sociedade Recreativa Artística Farense a terceira e última sessão da 1ª edição do FARCUME: Festival de Curtas-Metragens de Faro, organizado pela associação “FARO 1540”, contando com a Final da categoria Ficção antecedida da categoria Documentário. Tal como nas sessões anteriores a entrada é livre.

A Final de Ficção será disputada pelas seguintes curtas:

– “Weakest Part” de Bernardo Gomes de Almeida;

– “A Cova” de Luís Alves;

– “Senhor X” de Gonçalo Galvão Teles;

– “Luzes, Câmara, Tortura” de Marco Barbosa e Ricardo Salgado;

– “Até ao fim do dia” de Luís Campos Brás;

– “Comando” de Patrício Faísca e Sonat Duyar;

– “O Risco” de José Pedro Lopes;

– “Os Últimos Dias” de Francisco Manuel Sousa;

Este evento já contou com a presença de mais de três centenas e meia de espectadores que puderam assistir a trabalhos oriundos de todo o país e têm revelado ser de grande qualidade, tendo inclusive participado em diversos festivais como Fantasporto, Porto7, Motelx e Shortcutz Lisboa, tendo obtido excelentes classificações. Recorde-se que na passada semana, a curta que venceu a categoria Animação foi “Bats in the Belfry” de João Alves. Para além de ter marcado presença na 1ª edição do FARCUME, esta curta foi exibida recentemente no Fright Fest em Londres e no Animaldiçoados no Rio de Janeiro, tendo vencido o prémio Motelx 2010 (melhor curta de terror portuguesa) e o prémio Shortcutz Lisboa – melhor animação. Chegou este ano ao Fantasporto e venceu o prémio para melhor Jovem realizador 2011.

Esta última sessão contará ainda com uma pequena homenagem ao actor farense Filipe Ferrer, com a exibição de gravações inéditas de alguns dos seus trabalhos no final deste festival.

De referir que as decisões sobre os vencedores em cada categoria tem sido repartidas em 60% pelo Júri deste Festival e 40% por parte do público, que tem tido a oportunidade de votar nas suas curtas favoritas no final de cada categoria.

1º FARCUME: FESTIVAL DE CURTAS METRAGENS DE FARO

15/08/2011

Depois da recepção de 31 trabalhos, que terminou no passado dia 5, a organização do 1º FARCUME – Festival de Curtas Metragens de Faro, seleccionou 22 curtas repartidas pelas categorias: Animação, Documentário, Experimental e Ficção e que serão agora exibidas ao público.

Este festival será composto por 3 sessões que serão realizadas nos dias 23 e 30 de Agosto e 6 de Setembro (3ªs feiras), por volta das 23 horas, em Faro, na Esplanada da Sociedade Recreativa Artística Farense e a entrada é livre!

Com actores conhecidos como: Ivo Canelas, Afonso Pimentel, Sara Barros Leitão, Cristóvão Campos, Rita Blanco, Guilherme Filipe, Pedro Barroso, Nuno Brandão, Elisa Lisboa e Maria José Pascoal entre outros, este conjunto de curtas, essencialmente de jovens realizadores e argumentistas nacionais darão a oportunidade aos espectadores de verem e de terem conhecimento dos bons trabalhos que são realizados nesta área em Portugal.

Na 1ª sessão (dia 23) teremos a exibição da categoria Experimental, que se seguirá a 1ª Meia-final da categoria Ficção que fará a selecção das 3 curtas para a Final do dia 6 de Setembro.

Na 2ª sessão (dia 30) será a vez da exibição da categoria Animação, a que se seguirá a 2ª Meia-Final na categoria Ficção que seleccionará mais 3 curtas;

Na 3ª sessão de dia 6, será a vez da categoria Documentário, que se seguirá a final da categoria de Ficção.

A avaliação das curtas será feita pelo voto do público que terá um peso de 40% e pela apreciação do Júri composto por 3 elementos e que terá um peso de 60%.

De referir que as “Pousadas de Portugal” e o “Zoomarine” juntaram-se à iniciativa, promovida pela associação FAR0 1540, garantido estas entidades os prémios às películas vencedoras.

As curtas a concurso são: Suspiro… ; Volant;  Temperar a Gosto;  Manhã Triste;  A Cova;  Senhor X;  O Risco;  Até ao fim do dia; O Profissional; Procurei por ti quando deixei de te ver, ao encontrar-te deixei que desaparecesses; Bats in the Belfry; Bruxas; Homem da Terra; Reflexo da Mentira; Comando; Weakest Part; Os Últimos Dias; Luzes, Câmara, Tortura; Segunda Oportunidade; Matriz; O Artista Enganchado – Artista Puxa Artista Para Debaixo da Ponte.

Mais informações em: http://www.faro1540.org


POLIS QUER PRAIA DE FARO FECHADA AO TRÂNSITO

04/07/2011

De acordo com uma noticia avançada pelo Jornal Correio da Manhã, os carros vão ser proibidos de entrar na ilha de Faro. É uma solução drástica da Sociedade Polis para acabar com o caos no trânsito na zona, durante o Verão, que deverá entrar em vigor já no próximo ano, após as obras de construção da nova ponte e dos acessos à praia.

Contudo os veículos dos moradores continuarão a ter acesso automóvel ao interior da praia.

O projecto de requalificação entrou na fase de concurso de concepção e elaboração, mas a ideia geral é só uma: dar prioridade a peões e bicicletas e acabar com as confusões de trânsito no Verão. “A intenção é fechar o acesso à ilha durante o Verão”, assumiu ao CM fonte da Sociedade Polis Ria Formosa.

Para isso serão criadas condições de estacionamento antes da travessia, nas traseiras do aeroporto de Faro, e será instalado um serviço de transporte público para a ilha. Comerciantes e turistas entendem que é uma medida positiva. “O trânsito é caótico, e muita gente vai embora porque não tem condições para estacionar. Se forem criadas alternativas, vai ser positivo”, referiu ao CM Rui Barreto, do bar O Rui. A nova ponte terá uma faixa de sentido alternado para circulação automóvel, uma para bicicletas e outra para peões. A estrada de acesso à praia será totalmente requalificada com a introdução de uma faixa pedonal e ciclável, articulada com o estacionamento.

O transporte público que garantirá a ligação entre o parque de estacionamento atrás do aeroporto e a praia de Faro, apesar de não ter sido mencionado os moldes do seu funcionamento, ao que tudo indica será pago pelo utilizador, tal como já aconteceu no ano transacto com um comboio vai-vem que tinha um custo de 1,5 euros por passageiro.

Celeiro de S.Francisco

25/06/2011

Dá dó passar na rua e ver o estado de abandono do Celeiro de S.Francisco, em pleno coração de Faro.

Chama à atenção para quem lá passa, pelo estilo original do seu exterior, pouco habitual num celeiro, recordando sintomas esotéricos estranhos.

Também a figura e a história do Desembargador Veríssimo de Mendonça Manuel e o seu contributo para o desenvolvimento urbanístico e até cultural de Faro mereciam um maior desenvolvimento.

Seria interessante que os Farenses, em particular, os mais jovens conhecessem melhor a história da sua cidade e o perfil dos seus antigos beneméritos.

Palácio Belmarço

24/04/2011

O blogue “Defesa de Faro” tem vindo a chamar à atenção para a situação de abandono do palácio de Belmarço, em Faro.
Funcionou, antes, como Tribunal de Trabalho de Faro e nele fizeram-se obras com vista ao acolhimento do Tribunal da Relação de Faro e, por motivos alegadamente relacionados com natureza dos solos, até hoje continua ao abandono, não obstante todo o dinheiro que lá foi gasto.
Neste momento, inclusive, tem uma janela do seu sotão aberta, o que certamente dará azo a inundações e humidades.

Uma coisa é certa:
– Como advogado, posso garantir que será um disparate pegado a criação do tal Tribunal da Relação de Faro, já que o Tribunal da Relação de Évora tem respondido com relativa rapidez aos processos que lhe são apresentados.
Duplicar juízes desembargadores que, como se sabe auferem elevados salários, e desviar funcionários judiciais para um novo Tribunal da Relação, além de sinónimo de parolice saloio é também sinónimo de desperdício de recursos.
A ideia de utilização do Palácio como sede de associações de Faro parece-me excelente, apesar de (ao que parece) o edifcio pertencer atualmente ao Ministério da Justiça, por motivo de permuta efetuada com a Câmara Municipal de Faro.
Será que precisamos que a troika também nos venha dizer o que fazer com o Palácio Belmarço ?
Já não haverá pingo de bom senso neste país ?

PARQUE DE LAZER NASCE EM FARO

27/03/2011

Foi anunciado ontem a construção de um novo parque de lazer na cidade de Faro.

O Parque de Lazer das Figuras, um investimento de 150 mil euros numa faixa de 400 metros quadrados à entrada da cidade, vai ocupar parte do terreno em frente ao Fórum Algarve, onde ocorreu o desfile das comemorações do Dia de Portugal em 2010.

SEMANA ACADÉMICA SAI DE FARO

24/03/2011

De acordo com uma noticia avançada pela agência Lusa, a Semana Académica da Universidade do Algarve vai sair este ano pela primeira vez de Faro e transformar-se num festival de oito dias com campismo em Vale de Almas, junto à praia, anunciou hoje a associação académica.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da associação académica da Universidade do Algarve (UAlg) afirmou ter sido “obrigado a sair do interior de Faro”, ressalvando que a mudança de localização motivou a organização a “aperfeiçoar o conceito”.

“Esta mudança de recinto permite-nos ter outras valências, como o campismo”, observou Guilherme Portada, que diz que haverá um transporte diário entre o recinto e a Praia de Faro, a dois quilómetros.

O orçamento para a XXVI Semana Académica do Algarve será “ligeiramente superior” ao de anos anteriores, acrescentou o dirigente académico, sublinhando que o investimento vai ultrapassar o meio milhão de euros.

Para acampar junto ao recinto, com capacidade para três a quatro mil pessoas, é necessário obter o passe semanal cujo preço vai aumentar até ao evento, pelo que Guilherme Portada apela aos interessados para que o comprem com antecedência.

O evento decorre entre 5 e 14 de Maio.

DEMOLIÇÕES NA PRAIA DE FARO SEMPRE VÃO AVANÇAR

22/03/2011

De acordo com uma noticia avançada pelo jornal Público, o secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, admitiu hoje que as demolições na Praia de Faro são um processo “incontornável” mesmo não havendo verbas disponíveis de imediato para avançar com a remoção das construções em zona de risco.

Oitenta por cento das construções situadas na área concessionada à autarquia deverão ser demolidas, de acordo com o projecto de Plano de Pormenor (PP) da Praia de Faro, recentemente concluído.

Segundo a mesma fonte, às 282 edificações agora sinalizadas para serem removidas da faixa central da praia juntam-se ainda as 249 dos extremos poente e nascente da praia, cuja demolição já estava prevista, o que significa que só restarão 85 das actuais construções.

Confrontado sobre a existência de verbas disponíveis para avançar com a demolição de mais de 500 construções, Humberto Rosa afirmou que existe a “sensação” de que o processo é “incontornável” mesmo sem dinheiro no imediato. “Ainda que não haja dinheiro de repente, estes planos também não são para ser feitos no imediato”, afirmou o secretário de Estado do Ambiente, sublinhando que o processo “acabará por compensar a prazo”.

“O que seria uma Praia de Faro varrida constantemente no Inverno por temporais com um cordão dunar a rebentar”, questionou o governante, alertando para o impacto económico que as intempéries também têm na Ria Formosa. “A motivação do Ministério do Ambiente é fazer o devidamente planeamento baseado em estudos científicos que apontam o melhor caminho e disso não nos podemos desviar”, concluiu.

MAIS CASAS NA PRAIA DE FARO PODEM VIR A SER DEMOLIDAS

22/02/2011

O plano de pormenor da praia da ilha de Faro deverá estar concluído dentro de um mês e aponta para o avanço de demolições na zona desafectada, ou seja, na zona onde a Câmara de Faro tem jurisdição.

As demolições estavam previstas serem efectuadas apenas nos extremos da ilha, onde há casas clandestinas, mas Valentina Calixto, presidente do conselho de administração Sociedade Polis Ria Formosa, indica que os estudos técnicos prevêem mais do que isso.

«As soluções técnias dos especialistas avançam para a construção de uma duna, em toda a extensão da ilha de Faro, no sentido de reforçar o cordão dunar e criar uma barreira protectora que permita que o mar não atravesse a ilha. Agora vai ter consequências, ou seja, onde a duna for construída vamos ter que demolir casas», explicou.

Na zona desafectada há centenas de casas, mas a Sociedade Polis não revela quando poderão ser destruídas.

Ao longo dos anos, a autarquia de Faro vendeu alguns terrenos aos proprietários, mas a grande maioria paga um aluguer do espaço à Câmara Municipal.

Fonte: TSF

ACESSIBILIDADES E TRANSPORTES DISCUTIDOS EM FARO

11/02/2011

A FARO 1540 – Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro, vai promover no próximo dia 18 de Fevereiro (6ª feira), por volta das 21h30, no Salão Nobre da Sociedade Recreativa Artística Farense mais uma edição das conferências “Cidades pela Retoma”, desta feita dedicado ao tema das Acessibilidades e Transportes. A entrada é livre!

Teresa Correia, Vereadora da Câmara Municipal de Faro e Ilídio Mestre,
Director do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve são os oradores convidados, a que se seguirá um período de debate onde se espera abordar temas relacionados com os transportes públicos, trânsito, estacionamento e ciclovias em Faro.

A nível regional o tema das portagens na Via do Infante e as implicações económicas e de circulação rodoviária que daí resultarão para a região serão também discutidas.

Recorde-se que esta iniciativa inserida no âmbito do Movimento Cívico
“Cidades pela Retoma” pretende desenvolver em Faro um fórum de debate que deverá mobilizar os cidadãos a participar num exercício de reflexão colectiva sobre o papel das cidades na actual fase de desenvolvimento do país, que vise identificar e avaliar os seus recursos com potencial para o desenvolvimento económico e social e ajudar a definir uma ‘agenda local para a retoma’.

O paraíso à porta de Faro

28/01/2011

 

(via Faro para a coisa)

COMO SE GASTA O DINHEIRO DOS NOSSOS IMPOSTOS

20/12/2010

Esta noticia, veio publicada no Correio da Manhã, e é denunciada na crónica  semanal do presidente Macário Correia a este jornal.

ARMAZÉM

Há cerca de 10 anos, por razões e circunstâncias válidas, sendo por pouco tempo, o Município alugou um armazém na Falfosa para guardar equipamento de apoio a eventos (palcos, cadeiras, mesas, tubos, etc.).

Passados 10 anos, parece espantoso, mas é verdade, foram pagos mais de 200 mil euros de rendas. Mais de 20 mil por ano. Um custo superior ao valor real da construção de semelhante edifício para guardar tralha diversa.

E este é apenas mais um caso de gestão curiosa que atravessou várias mãos, todos foram pagando e o tempo foi passando.

Agora decidiu-se acabar com o caso. A quinquilharia será guardada em outros espaços, pois ficámos sem 200 mil euros e sem armazém.
Não pode é continuar, em tempo de dificuldades uma situação destas.

A seu tempo, quando para tal houver condições, logo se fará um armazém adequado a estas funções. E terrenos municipais para este efeito existem. É pena que não tenha sido feito há uns anos, com boa parte dos 200 mil que se foram e já não voltam.

ASSOCIAÇÃO DE MÚSICOS (ARCM) RECEBE ORDEM DE DESPEJO

01/12/2010

A Associação Recreativa e Cultural de Músicos (ARCM) está em risco de ir para a rua, agora que o Tribunal Judicial de Faro emitiu uma sentença de despejo das instalações de há 20 anos, “considerando não haver necessidade de julgamento e dando a razão ao senhorio”.

A Associação de Músicos contesta em tribunal e na rua, marcando para o próximo sábado uma “marcha silenciosa” pelas ruas de Faro.

A Associação Recreativa e Cultural de Músicos (ARCM), de Faro, que recebeu ordem de despejo do tribunal em Fevereiro deste ano, vai realizar um desfile de protesto nas ruas da cidade no próximo sábado e tem como objetivo demonstrar que se a ARCM encerrar sem uma alternativa, dezenas de músicos vão ficar na rua.

Os músicos vão concentrar-se pelas 09:30 de sábado, dia 04, junto à ARCM, para depois seguirem para o Mercado Municipal de Faro, Teatro Lethes, rua de Santo António, terminando no Jardim Manuel Bívar.