Posts Tagged ‘Farense’

FARENSE SOBE À 2ª LIGA

28/04/2013

Estádio completamente lotado esta tarde na vitória do Farense sobre a União de Leiria: 2-1. Impressionante a força da massa adepta deste clube!!!! Mais de 15 mil pessoas num jogo da 2ª divisão. Estou convencido que nunca se viu tanto público num jogo da 2ª Divisão e quase de certeza que é um record de assistência neste campeonato!

Foi um jogo muito sofrido com 3 golos anulados para o Farense e com mais 2 bolas no ferro.

Mas o que interessa é que o Farense é campeão e subiu à 2ª liga.

Parabéns Farense!!!!

Imagem

Imagem

Imagem

Anúncios

FARENSE GANHA MAS CONTINUA A 1 PONTO DE DISTÂNCIA

15/04/2013

Mais de 3 mil pessoas estiveram esta tarde no estádio de São Luís a assistir à vitória do Farense sobre o Casa Pia (1-0), lembrando as saudosas tardes de futebol de outros tempos e cuja assistência deve ter causado inveja a algumas equipas da 1ª Liga e a muitas da Liga de Honra. Uma palavra de apreço aos South Side Boys que têm ao longo das épocas mostrado-se incansáveis no apoio da equipa e que mostram porque continuam a ser uma das melhores claques nacionais de futebol.

Apesar da vitória, o Farense continua no 2º lugar e a 1 ponto do Mafra que também ganhou o seu jogo por 2-0 frente ao Oriental. Assim, as últimas duas jornadas do campeonato vão ser decisivas para as aspirações do Farense em subir à Liga de Honra, podendo a próxima jornada ter um papel determinante para definir o vencedor, uma vez que na última jornada ambas as formações vão jogar em casa e à partida, apesar da forte pressão, a vitória não lhes fugirá.

Mas na próxima jornada e é essa que importa para já, o Farense vai jogar com o lanterna vermelha do campeonato e já com a despromoção garantida (Ribeira Brava), mas que com toda a certeza não vai facilitar no seu último jogo em casa, tentando fugir ao último lugar e querendo mostrar, até por uma questão de brio profissional e desportivo, que tem um futebol melhor do que os resultados têm vindo a demonstrar.

Por sua vez, o Mafra vai ter uma deslocação teoricamente muito mais difícil, pois para além da forte pressão que o Farense lhe está a impor, vai jogar com o Fátima que é uma equipa de meio da tabela, com a manutenção assegurada há muito, mas que é muito forte em casa e vai querer no último jogo junto do seu público fechar com chave de ouro a sua participação caseira na 2ª Divisão Zona Sul, alcançando a sua 10ª vitória no seu estádio entre as 12 que obteve ao longo de todo o campeonato.

Daqui a uma semana saberemos quem estará, à porta da derradeira jornada, em melhores condições de ser o campeão da 2ª divisão Zona Sul.

FARENSE A 3 PONTOS DA SUBIDA

25/05/2010

No próximo Domingo, dia 30, às 17 horas, o Sporting Clube Farense joga no Estádio de São Luís a derradeira jornada da série F da 3ª Divisão Nacional, numa partida decisiva contra o Cova da Piedade, que é seu adversário directo.

Só a vitória interessa ao Farense, para subir de divisão.

Assim, a Direcção do clube decidiu que esse jogo terá entrada gratuita.

Apela-se assim a todos os farenses para participarem no apoio à equipa do Sporting Clube Farense.

Passem a palavra. Vamos encher o São Luís.

13/03/2010

SALVAÇÃO DO FARENSE EM PAUSA

28/01/2010

O desfecho da reunião de quinta-feira, entre o presidente do clube da capital e o edil farense, parece ter criado conclusões divergentes. Se, por um lado, Barão mostra-se optimista sobre a ‘salvação’ do Farense, Macário Correia espera para ver.

“Pode dizer-se que o principal da reunião foi atingido, que era o dissipar de uma dúvida que há muito tempo estava no ar sobre a vontade de Macário Correia querer resolver a questão do clube. Ele está em sintonia connosco”, diz, ao Observatório do Algarve, António Barão.

Esta “sintonia” diz respeito à possível venda de parte do Estádio de São Luís e um terreno para abater um passivo do clube, que ronda os nove milhões de euros. Espaços que persistia a dúvida se eram municipais ou do clube.

Macário sabe. “Há uma certeza: o Estádio [de São Luís] pertence à Câmara de Faro e, juridicamente, o Farense não tem terrenos”, assevera o autarca.

O edil farense parece querer distanciar-se, afirmando que “a dívida foi contraída internamente, pelos dirigentes do Farense, e a Câmara nada tem a pagar. A única dívida que nos diz respeito é de cerca de 1 milhão de euros, contraída pela empresa municipal Ambifaro, para comprar acções do Farense [à Halcon, em 2001]”.

António Barão avança ainda que no final da reunião ficou definido que os possíveis compradores iriam apresentar as propostas, algo que o edil farense espera para ver: “apenas me falaram de pessoas que tinham algumas ideias, mas não me chegou nada”.

“Não quero dizer que estou contra a resolução do problema, só quero deixar bem vincado que a Câmara nada tem a ver com o assunto. Temos as nossas próprias dívidas para nos preocupar, que atingem os 80 milhões de euros”.

Fonte: Observatório do Algarve

FARENSE

29/12/2009

A Câmara de Faro fez saber ontem que garantirá o transporte às equipas do principal clube do concelho. Trata-se de uma resposta ao Farense, que acusara a autarquia de ter recusado a cedência de viaturas.

Em comunicado, a autarquia diz que o clube já tinha sido informado de que “o caso estava a ser tratado”. E adianta que Macário Correia nem sequer tinha conhecimento da requisição de transporte feita aos serviços, por se tratarem de “pequenas coisas de gestão corrente”. A recusa dos serviços resultara de os motoristas “terem folgas” e do “elevado volume de trabalho” nesta altura. Câmara assegura que obstáculos estão ultrapassados, pelo que as deslocações “serão asseguradas”.

Contactado pelo CM, o presidente do clube, António Barão, diz que “os serviços deveriam informar-se junto de superiores hierárquicos antes de mandarem o fax [a negar o transporte]”, adiantando ter estranhado porque “o presidente tem mostrado vontade de apoiar o clube”.

No comunicado da autarquia é, por outro lado, referido que “não corresponde à verdade” a venda de “terrenos municipais” para pagar a dívida do Farense. Barão responde que os terrenos foram “doados ao clube pela Câmara”. Um comprador oferece “13 milhões de euros”.

Noticia retirada do Correio da Manhã