Posts Tagged ‘ZOL’

FARO PASSA A LIDERAR NO BOOKCROSSING

24/05/2010

A associação “FARO 1540” decidiu dinamizar o bookcrossing no concelho da capital algarvia, uma vez que Faro apesar de ser uma cidade universitária e capital de uma das principais regiões do país, não tinha este movimento bem enraizado apesar de Portugal ser dos países europeus onde este movimento tem maior expressão sobretudo nas cidades de Lisboa e Porto.

Assim, com o lançamento do projecto dinamizado pela “FARO 1540”, vão ser libertadas nos próximos dias perto de duzentas publicações pelas 12 entidades que se associaram a este projecto e que vão fazer de Faro, de acordo com as informações contidas no site Bookcrossing Portugal, a maior cidade do país em número de Zonas Oficiais de Libertação (ZOL´s).

As Zonas Oficias de Libertação aderentes, todas elas identificadas pelo cartaz ZOL, nesta primeira fase foram: Associação de Solidariedade Social dos Professores (Delegação do Algarve), Biblioteca António Ramos Rosa, Bibliotecas da Universidade do Algarve (Gambelas e Penha), Centro Azul (Praia de Faro), Escola Secundária João de Deus, Espaço C, Espaço Internet (Sto António do Alto), Faro 1540, Hagabê Informática (Loja Faro), Nordik Bar e Sociedade Recreativa Artística Farense (“Os Artistas”).

Espera-se que este movimento seja “realimentado” a partir de hoje pelos diversos leitores (bookcrossers) e também pelas ZOL aderentes a este projecto, garantindo assim, que exista sempre disponível um conjunto razoável de publicações e livros que poderão circular entre diversos bookcrossers em vez de estarem parados e esquecidos em estantes.

A “FARO 1540” apela a todos os cidadãos que continuem a doar livros a esta associação, que depois de registar e etiquetar as referidas publicações no site bookcrossing.com serão posteriormente libertadas pelas ZOL farenses, passando a fazer parte integrante desta “biblioteca mundial” e a estar ao dispor de milhares de bookcrossers

Anúncios

ASSOCIAÇÃO FARO 1540 PRETENDE DINAMIZAR O BOOKCROSSING NO CONCELHO

28/04/2010

A FARO 1540 – Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro decidiu dinamizar o projecto BOOKCROSSING na capital algarvia, cujo lançamento está previsto para o final do mês de Maio.

Segundo esta associação, o conceito de BOOKCROSSING <www.bookcrossing.com> está já bem implantado em todas as sociedades modernas. Portugal aderiu mais recentemente a este movimento, mas actualmente encontra-se já em igualdade com os principais países da Europa, representando neste momento uma das maiores correntes a nível Europeu (sobretudo Lisboa e Porto).

O BOOKCROSSING pode ser definido como um acto de cidadania e de altruísmo que consiste na prática de deixar um livro num local público, para que outros o encontrem, o leiam, o voltem a libertar e assim sucessivamente.

O objectivo deste movimento é fomentar e facilitar o acesso à cultura e especificamente à leitura. Para que isso se torne numa realidade, “libertam-se” livros em locais públicos (como cafés, escolas, bares, bancos de jardim) para que o maior número de pessoas possível os possa ler, em vez de os manterem parados nas suas estantes.

Contudo,Faro, apesar de ser uma das principais cidades do país e ser uma cidade cosmopolita e universitária, não tem este conceito devidamente implantado. Sendo de todo o interesse lançar este movimento com força no nosso concelho.

Numa primeira fase o projecto será suportado por diversas ZOL (Zonas Oficiais de Libertação), onde os interessados (BookCrossers) poderão libertar e levantar novos livros e, posteriormente, quando este conceito estiver bem enraizado na cultura farense proceder-se-à à libertação de livros noutros locais.

A “FARO 1540” começa a partir de hoje e até meados de Maio a recolher livros e apela para que escritores algarvios e farenses se juntem a esta iniciativa e cedam alguns exemplares das suas publicações para este movimento.

Para além disso, a Faro 1540 faz um apelo a toda a população para participar. Assim, as instituições e estabelecimentos que pretendam ter um espaço ZOL, bem como os cidadãos que queiram doar alguns dos seus livros para a iniciativa devem contactar a “FARO 1540” para o
efeito, no sítio www.faro1540.org